Pretérito Imperfeito do Subjuntivo

“Se eu pudesse”, “Caso eu consiga”, “Se for fácil”… As subordinadas adverbiais CONDICIONAIS são partes importantes das estratégias para alcançarmos objetivos todos os dias. Parece que sem elas – que representam tudo aquilo que falta, que facilitaria mil vezes a jornada e tornaria essa busca infinitamente mais simples – já teríamos conseguido e a felicidade plena seria o cenário dos nossos dias. Talvez seja verdade, mas as condicionais existem e estão nos atrasando todos os dias. Elas são o impedimento, o requisito, a exigência que a vida nos faz para liberar o acesso ao que se almeja. Não tem jeito. A única tática que podemos tentar para escapar das condições que nos param é mudar o ponto de vista: dar menos atenção às condições adversas e assumir uma postura mais ADVERBIAL CONCESSIVA: “Ainda que eu não possa”, “Mesmo que não consiga” e “Embora não seja fácil”, persistirei.
Enxergar o obstáculo e admitir que talvez ele faça parte do caminho e a sua história não será sobre como fez para superá-lo, mas sobre como venceu APESAR DELE.
???? Estamos juntos ??
Professora Carol Mendonça.
YouTube.com/portuguesparadesesperados ?? Gostou do texto? Compartilhe e me marque ?? #NãoTemJeito #vaipassar #conjunções #professoracarolmendonca #reflita #minicronica #pensamentos #gramatica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *