Coragem, manas

Como disse Luiz Fernando Veríssimo “eu desconfio que a única pessoa livre, realmente livre, é a que não tem medo do ridículo” ? Eu super concordo!
O medo de como seremos julgados nos rouba muitos momentos alegres e até oportunidades que poderiam mudar nossas vidas. A ausência de receio sobre o quão louca posso parecer já me abriu muitas portas e me fez perceber o quanto são preciosas as pessoas para quem não é necessário fingir sobriedade o tempo todo. ? Você já perdeu uma boa chance pelo medo de parecer idiota? Então levanta a mão aqui comigo ?? rs Boa noite para vocês… vou refletir mais um pouquinho e descansar para amanhã.
Que Deus nos dê sabedoria e, pelo menos, cinco minutinhos de coragem quando necessário. ?? Beijocas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *